notícias

Atenção e cuidado na avicultura

26/10/2021

Atenção e cuidado na avicultura

A atividade avícola exige atenção e cuidado, essa é a receita que a família Lohmann segue à risca e assim mantém o ritmo de crescimento, isso porque o primeiro lote do terceiro aviário chegou em setembro, agora são 33 mil aves no novo galpão de 150 metros. Vilmar, a esposa Nelsi e o filho Allan Luan cuidam dos três galpões instalados. Desde 2016 estão na propriedade atual, marcando 26 lotes já concluídos. “Mas já estamos na atividade desde o começo, logo quando a Copagril começou já atuávamos na avicultura”, comenta Vilmar ao falar da tradição na família, que já tinha galpões instalados desde 1984.

O produtor associado Copagril, explica que a avicultura é uma atividade que está em constante progresso e que demanda atenção em todos os momentos. “Não é um trabalho difícil, mas exige muita atenção e buscamos sempre melhorar, afinal conquistamos muitas coisas por meio da avicultura e os planos são de sempre evoluir”, complementa Vilmar.

Vilmar diz que o conforto das aves é fundamental, por isso mantém a atenção na regulagem da temperatura e ventilação

.

Agora, integrando no sistema Copagril e Lar, Vilmar explica que continua com o trabalho regular que realizava anteriormente e neste ano também construiu mais um aviário, o qual recebeu o primeiro lote em setembro, marcando o 27º da propriedade. “O objetivo é sempre ter maior rentabilidade na atividade e bons resultados. Com esse novo galpão temos mais tecnologia e mais recursos de manejo, como por exemplo na ambiência”, diz ele ao explicar do manejo.

“O painel é feito pra mexer”, ressalta o produtor ao se referir do cuidado constante com a ambiência e o bem-estar dos animais. “Temos um clima variável, por isso estamos sempre de olho, a cada pouco conferimos como estão as aves, se estão confortáveis, comendo e se movimentando”, diz.

Como explica a zootecnista da Copagril que atua no Fomento Aves, Karin Janaina Royer Schneider, esse cuidado com a ambiência é muito importante, afinal, aves que estão em conforto térmico se alimentam adequadamente e terão melhor ganho de peso e conversão alimentar, impactando diretamente no resultado financeiro do lote. “Quando estamos por aqui, verificamos o painel e olhamos os animais, afinal, são eles o termômetro do ambiente”, compara Nelsi ao falar do cuidado diário com as aves.

O terceiro galpão de aves recebeu o primeiro alojamento em setembro e as expectativas são as melhores

.

“Cuidamos com a ventilação, com o ambiente, ração e o principal, com o consumo de água. Se muda alguma coisa, imediatamente acionamos o pessoal da assistência. Não adianta esperar ou ficar inventando”, alerta Vilmar.

Com esse sentimento de cuidado a família expõem o orgulho pelo trabalho e os resultados alcançados, motivados em manter um crescimento e com perspectivas cada vez melhores. “Trabalhamos em família, inclusive os outros filhos ajudam quando precisamos. Afinal, temos muitas conquistas com a avicultura e o plano é sempre melhorar. Melhorar em manejo, resultados e investimentos”, finaliza Vilmar.

Karin explica que, assim como Vilmar construiu um novo galpão, todos os avicultores integrados com a Copagril têm a oportunidade de ampliar e construir novos galpões, com perspectivas positivas para a atividade. “Temos um trabalho conjunto com a equipe da Lar que atende os produtores e assim, de modo conjunto, crescemos nas atividades”, finaliza.

Vilmar, a esposa Nelsi e o filho Allan cuidam das atividades na propriedade


Matéria divulgada na Revista Copagril Edição 121 (julho/agosto/setembro). Você pode conferir o conteúdo original em: https://www.copagril.com.br/revista/92

Outras Notícias:


Sede Administrativa
Rua Nove de Agosto, 700
Marechal Cândido Rondon - PR
CEP: 85960-000

Fone: (45) 3284-7500 -
Redes Sociais
SAC
Copyright® Copagril - Todos os direitos reservados - Política de PrivacidadeProduzido por BRSIS