Notícias

Após despedir-se da Liga Nacional, Paulinho Sananduva avalia a temporada 2018 da Copagril Futsal

26/11/2018

A equipe Copagril/Sempre Vida/Sicredi/Marechal Cândido Rondon entrou em quadra no último sábado (24) diante do Atlântico pela semifinal da Liga Nacional de Futsal. Mesmo jogando fora de casa, o time rondonense teve uma ótima atuação, porém não conquistou um bom resultado e sofreu uma derrota pelo placar de 2 a 1, se despedindo da competição nacional e encerrando a sua participação em competições no ano de 2018.
O técnico da Copagril Futsal, Paulinho Sananduva comentou que detalhes foram decisivos para o resultado da semifinal. “Foram dois jogos muito equilibrados onde as duas equipes se determinaram a marcar, por isso foram dois placares bastante reduzidos. Eu acredito que poderíamos ter aproveitado melhor as finalizações e o Atlântico aproveitou. Fomos melhores em grande parte dos dois jogos, mas não conseguimos traduzir isso em resultado no placar”, comentou o técnico.

Apesar da eliminação, Paulinho Sananduva comenta que está contente com o desempenho da equipe. “Saímos da Liga Nacional com o sentimento de dever cumprido, pois muita gente não acreditava que iriamos chegar entre os quatro, principalmente nas oitavas e nas quartas de final, onde tivemos que superar grandes adversários e correr atrás do resultado nos minutos finais. Estou muito contente com o desempenho da minha equipe, com o esforço dos jogadores, pela vontade e pala raça que demonstraram. Eu acho que na liga eles representaram aquilo que a Copagril quer, um time vibrante, um time de raça, de pegada, mas o detalhe é o que muita vezes decide quem vai para a final. Claro que sempre queremos mais, mas fomos uma equipe aguerrida e que demonstrou dentro de quadra tudo aquilo que o torcedor quer quando lota o nosso ginásio, conseguindo pela segunda vez em três anos ficar entre os 4 melhores do Brasil”, destacou Sananduva.

Série Ouro
No Campeonato Paranaense Série Ouro, o time da Copagril Futsal se despediu nas quartas de final, o que não estava nos planejamentos da equipe e não agradou o técnico da equipe. “Ficamos devendo principalmente na Série Ouro. O futsal tem dessas surpresas e eu me coloco como responsável de um grupo no qual não consegui motivá-lo para esse jogo das quartas de finais contra uma equipe que já havíamos vencido fora de casa. Quero pedir desculpas ao torcedor porque a gente sabe que ele também ficou magoado, também ficou ferido. Ficamos muito mais tristes, pois sabíamos que tínhamos uma equipe para brigar pelo título e queríamos esse título. Então ficamos pelo meio do caminho lamentavelmente porque não conseguimos entender que tínhamos que entrar mais focados, mais concentrados para buscar a vaga na semifinal do paranaense”, frisou Paulinho Sananduva.

Torcedores
A presença e o apoio por parte dos torcedores foi determinante para bons resultados da equipe durante a temporada, por isso, Paulinho Sananduva, comenta que eles merecem todo o reconhecimento da equipe. “Para o torcedor só temos agradecimetos, por nos acompanhar, por acreditar sempre, principalmente em jogos difíceis. O torcedor de Marechal é um torcedor que joga junto com a equipe e ainda temos um grupo de torcedores, os Pinto Loko que levam esse sentimento também para fora de Marechal. Quero dar os parabéns para os torcedores por sempre estarem lotando o ginásio. Foi um ano de uma média de torcedores muito alta e a gente só tem a agradecer. Frustramos o torcedor na série ouro, mas na LNF acredito que mostramos aquilo que a gente se propôs, de levar o time o mais longe possível”, salientou o técnico.

Próxima temporada
Agora a diretoria e comissão técnica se dedicam à próxima temporada, buscando encaixar as peças para grandes resultados no próximo ano. Segundo Paulinho Sananduva, os trabalhos já começaram, mas ainda faltam detalhes. “O planejamento já vem sendo feito ha algum tempo para a próxima temporada. Alguns jogadores devem sair, outros devem chegar. Faltam decidir ainda alguns detalhes que a diretoria, na pessoa do seu Eduardo Santana, está organizando e ajustando as situações que faltam”, finaliza o técnico da Copagril Futsal.

REDES SOCIAIS

FACEBOOK

TWITER

YOUTUBE

INSTAGRAM

Copyright® Copagril - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade Produzido por BRSIS