notícias

Iniciada campanha de vacinação de bovinos contra febre aftosa

03/05/2017

Iniciada campanha de vacinação de bovinos contra febre aftosa
Fotos: Divulgação

Teve início nesta semana, em todo o Paraná, a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Até o dia 31 de maio, os produtores devem vacinar bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade.

Conforme o fiscal de Defesa Agropecuária da Adapar, Loreno Egidio Taffarel, a estimativa é que sejam vacinados em torno de 40 mil bovinos em uma área que abrange seis municípios da região Oeste: Marechal Cândido Rondon, Quatro Pontes, Pato Bragado, Entre Rios do Oeste, Mercedes e Nova Santa Rosa.

Segundo ele, a imunização do rebanho é de extrema importância para manutenção do status sanitário atual. “É uma forma de manter os mercados conquistados e evitar prejuízos econômicos. Depois que ocorreu um episódio recente envolvendo a carne brasileira, vimos que qualquer dúvida sanitária pode refletir de maneira negativa na cadeia de proteína animal, podendo afetar tanto a indústria, como o produtor”, explana Taffarel.

Doses

Em todas as 20 Lojas Agropecuárias Copagril o produtor encontra a vacina contra aftosa. Na semana passada, profissionais da cooperativa receberam treinamento para prestar atendimento aos associados e clientes, assim como para estarem aptos a fazerem a comprovação da imunização no site da Adapar, facilitando a vida do produtor.

Quando o produtor for até a Loja agropecuária Copagril mais próxima é indicado levar documento com CPF da pessoa que tem o cadastro na Adapar e o número do Incra (que consta no cartão do produtor emitida na Adapar). Também é indicado levar uma caixa de isopor com gelo para transporte das vacinas.

Os produtores que não têm animais em idade vacinal também precisam atualizar o cadastro de bovinos junto à Adapar. Devem informar a quantidade de animais existentes na propriedade, por sexo e idade: de 0-12 meses, 13-24 meses, 25-36 meses e maiores de 36 meses. Isso inclui ovelhas, cabritos, suínos, pois mesmo não precisando vaciná-los, esses animais são considerados suscetíveis à febre aftosa.

Aplicação

Na hora de vacinar, o fiscal da Adapar indica que o produtor use agulhas novas e a seringa deve ser sempre desinfetada, podendo ser utilizada seringa descartável de 10 ou 20 ml. “É importante conter bem os animais na hora da aplicação, para nem ele e nem o aplicador se machucarem”, acrescenta Taffarel. A aplicação deve ser feita subcutânea na região da tábua do pescoço e a dose é sempre de 5 ml, independente do peso do animal.

Fotos:


Outras Notícias:


Fase do mata-mata da Liga Nacional terá início dia 16 de setembro 18/08/2017 Fase do mata-mata da Liga Nacional terá início dia 16 de setembro

Durante reunião dos dirigentes dos times que fazem parte da Liga Nacional de Futsal (LNF) ocorrida na quarta e quinta-feira (16 e 17 de agosto), em São José... ...


Ardefa e empresas parceiras celebram o Dia Nacional do Campo Limpo 18/08/2017 Ardefa e empresas parceiras celebram o Dia Nacional do Campo Limpo

Hoje, dia 18 de agosto, é comemorado o Dia Nacional do Campo Limpo, data que homenageia o sistema de logística reversa gerenciado pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV),... ...


Localizacação Sede Administrativa
Rua Nove de Agosto, 700
Marechal Cândido Rondon - PR
CEP: 85960-000

Fone: (45) 3284-7500 -
Redes Sociais SAC
Copyright® Copagril - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade Produzido por BRSIS